Serviço de Tradução Técnica do Alemão - Empresa de Traduções - All Tasks

Serviço de Tradução Técnica do Alemão

Alemão: Tão recente quanto influente

Conheça algumas sutilezas, aspectos culturais e históricos do idioma que precisam ser consideradas na hora de realizar uma tradução para o alemão. A All Tasks, empresa de tradução, especializada em realizar traduções técnicas de grande porte, normas técnicas, tradução de manuais técnicos e de documentações técnicas, mantém uma equipe qualificada e capacitada para atender a grandes demandas para esse idioma, que teve sua primeira revisão gramatical em 1998 e em tão pouco tempo já tem tanta importância no mundo.

O alemão teve seus padrões linguísticos revisados pela primeira vez em 1998 e por isso é considerado um dos mais novos entre os 6900 idiomas e dialetos existentes no mundo. Atualmente, é a língua materna de mais de 100 milhões de pessoas, sendo considerado o idioma mais falado na Europa. Além disso, outros milhões de pessoas falam o alemão como língua estrangeira. Por que esse idioma tornou-se tão influente no cenário mundial, apesar de ser tão recente?
Desenvolvendo conhecimento nas mais diversas áreas, como ciências, literatura, filosofia e música, mas direcionando esforços principalmente às tecnologias de um amplo leque que abrange quase tudo que o mercado mundial interessa-se em produzir e consumir, a Alemanha tem hoje uma das economias mais fortes do mundo, apoiada num sistema bancário competente e numa indústria forte e bastante respeitada pela orgulhosa confiabilidade conquistada.

No Alemão foi escrita, por exemplo, a filosofia de Marx, Engels, Kant, Nietzsche e Wilhelm, que influenciou todo o pensamento mundial no amplo espectro das ciências sociais e na forma de repensar a política e a administração. Grandes autores como Goethe e Friedrich Schiller, Irmãos Grimm, Thomas Mann, Berthold Brecht, Hesse,Böll e Günter Grass ainda hoje participam da construção do pensamento de povos das mais diversas culturas, e cientistas como Albert Einstein, Gabriel Daniel Fahrenheit e Max Planck, contribuíram de forma importante para alicerçar a motivação dos incansáveis pesquisadores de qualquer país.

Seguindo esta mesma linha, as famosas Normas Técnicas Alemãs, DIN, desenvolvidas pelo (Deutsches Institut für Normung), que determinam as melhores práticas, destinadas a definir métodos e processos, e garantir a segurança e a qualidade em diversos setores da indústria e da prestação de serviços pela enorme extensão de textos já desenvolvidos, também tem importante representatividade no cômputo da participação do idioma alemão no universo da literatura mundial.

Este instituto de normatização Alemão conta com 26 mil peritos que aplicam seus conhecimentos técnicos na formulação das propostas de padronização. A importância e eficiência das normas DIN resultam em um aproveitamento econômico em âmbito empresarial e público na Alemanha, estimado em 16 bilhões de euros anuais. A normatização é sem dúvida uma importante ferramenta estratégica de competitividade, pois promove o comércio internacional, impulsionando o crescimento da economia.Depois de tantas citações relevantes, podemos concluir que não caberia ao título desta matéria um ponto de interrogação e sim um ponto de exclamação, pois é realmente admirável que em tão pouco tempo já se tenha escrito tanto num idioma tão recente. Por quê? Talvez esta explicação esteja no fato de ser está apenas mais uma façanha de um povo que construiu seu perfil de desempenho com disciplina, perfeccionismo e comprometimento com suas metas, deixando ao longo de sua trajetória exemplos a serem seguidos e histórias a serem copiadas.
Agora a questão é: mas por que é considerada uma língua extremamente recente? A explicação está em seu contexto histórico. Na época do Sacro Império Romano-Germânico, a atual Alemanha era constituída por pequenos estados, por isso em cada região havia um dialeto diferente que não podiam ser compreendidos por seus vizinhos.Em 1521, Martinho Lutero realizou a primeira tradução da bíblia, que resultou na padronização da língua, uma vez que o dialeto apresentado no livro religioso se tornou oficial. O modelo proposto pelo teólogo deu origem ao alemão clássico, o Hochdeutsch, falado por todos e utilizado nos meios de comunicação.

As primeiras regras gramaticais e ortográficas só foram registradas em 1860, quando foi declarado um padrão oficial para o alemão. A próxima evolução do idioma consistia na revisão dos padrões linguísticos e isso só aconteceu em 1998.No Brasil existe ainda uma grande escassez de pessoas que dominam o idioma alemão de uma forma geral, e esta escassez é ainda maior quando busca-se tradutores técnicos para este idioma, fato que demanda um cuidado adicional na contratação de empresas de tradução com este objetivo.