Internacionalização de software

A internacionalização de um software visa a ampliação de vendas, que considerando sua exportação, qualifica-o para o público alvo.

O primeiro passo neste sentido será submetê-lo ao processo de LOCALIZAÇÃO, no qual seus conteúdos de texto serão não apenas traduzidos para o idioma falado nos mercados escolhidos, como também adaptados para a cultura local.

A All Tasks fez sua primeira LOCALIZAÇÃO DE SOFTWARE para a IBM em 1991.

A All Tasks oferece a assessoria necessária a todos os aspectos da LOCALIZAÇÃO, desde o momento inicial, quando analisa sua funcionalidade, visando agilidade e redução de custos durante o processo.

Começa então sugerindo ou implementando pequenas alterações na programação das funcionalidades, traduz e adapta os conteúdos, e prossegue até os testes finais de captura de telas.

Quando o software já é destinado à exportação no momento de sua concepção, estes aspectos da Internacionalização ocorrem já na fase de seu desenvolvimento, preparando-o para uma posterior Localização.

Uma atenção especial deve ser dada a alguns aspectos, como por exemplo, garantir que os códigos suportem diferentes sistemas de medidas, configurações de data e hora, formatação de números e moeda, ou até idiomas DBCS (idiomas que utilizam caracteres complexos como o japonês, chinês e coreano).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.